Biotecnologia – Portugal

Novartis cria o “i-Lab” 29/09/2009

Filed under: Biotecnologia,Notícias — Hugo Azevedo @ 14:52
Tags: , , , ,

novartis[1]Amplo, ergonómico e tecnológico. Pronto para a comunicação e a interdisciplinaridade em tempo real. A farmacêutica Novartis apresentou o seu novo gadget no final de Agosto e chamou-lhe o Laboratório do Futuro.
Por Nicolau Ferreira, em Basileia (Público, P2, 23 de Setembro de 2009).

 

Entre bancadas ajustáveis, lavatórios e um ecrã-computador enorme controlado a milhares de quilómetros, nos Estados Unidos, por outro cientista, Mark Fishman diz que o modelo do laboratório que está a apresentar é “um i-phone gigante”. O presidente dos Institutos da Novartis para a Investigação Biomédica (INIB) falava enquanto um objecto tridimensional virtual de um composto químico girava e era controlado por mãos que estavam do lado de lá do oceano Atlântico, noutro laboratório da Novartis.

 

A simulação de uma sessão de perguntas e respostas entre os dois laboratórios sobre a molécula mostrou um dos objectivos do ” i-phone gigante”: tornar a capacidade de comunicação imediata, global e fácil durante a investigação.

 

Desde o quadro branco que pode imprimir directamente a molécula acabada de ser desenhada até ao material utilizado no dia-a-dia que pode surgir do tecto ou do chão, todo o design foi pensado para libertar espaço, permitindo que o diálogo surja. É esse o objectivo do Laboratório do Futuro que aposta na integração, multidisciplinaridade e comunicação instantânea.

 

A ideia para o novo laboratório surgiu em 2002, quando a Novartis fundou o INIB, em conjunto com mais medidas para combater a tendência negativa que toda a indústria está a sofrer, nas últimas décadas, com uma escassez de ideias para a produção de novos medicamentos. A empresa, que em 2008 fez 28,05 mil milhões de euros, espera mesmo que daqui a 50 anos o conceito se mantenha actual.

 

“O Laboratório do Futuro foi pensado neste novo contexto, para apoiar o aumento das comunicações e a colaboração na procura de novos medicamentos”, explicou por e-mail ao P2 Marcus Dobler, responsável pela concepção do modelo.

 

A apresentação do novo conceito foi na sede da Novartis, em Basileia, na Suíça. O campus é um novo bairro da cidade que tem uma vibração futurista. Está situado numa antiga região fabril, no extremo da cidade suíça, que já tinha fábricas da Novartis. A farmacêutica fechou o espaço ao resto da cidade – só pode entrar quem trabalha lá – e iniciou uma reconstrução do bairro, convidando vários arquitectos, como o canadiano Frank Gehry, para desenharem laboratórios, edifícios para escritórios ou conferências, alguns ainda a ser construídos.

 

Workshop de Análise de Ideias de Investigação

Filed under: Eventos — Hugo Azevedo @ 13:51

18 de Novembro de 2009

A Reitoria da Universidade do Porto e a Idea Puzzle organizam a 8ª edição do Workshop Análise de Ideias de Investigação.

Este Workshop, dirigido pelo Professor Doutor Ricardo Morais, decorrerá nas instalações da Reitoria da Universidade do Porto (Praça Gomes Teixeira) no dia 18 de Novemmbro de 2009 das 18h00 às 22h00.

Introdução
A análise científica de ideias de investigação é uma fase crucial no planeamento de investigação. De acordo com os especialistas esta é a fase que envolve maior grau de incerteza no âmbito de mestrados e doutoramentos. A longo prazo, investigação, desenvolvimento e inovação (IDI) garantem a competitividade sustentada de cidadãos, organizações e países.

Neste seminário será apresentado e aplicado o software Idea Puzzle® com os seguintes benefícios:
* Facilita a aprendizagem e ensino de método científico
* Reduz a incerteza no planeamento de investigação
* Acelera a geração, análise e avaliação científica de ideias de investigação

As 21 decisões do software Idea Puzzle® são uma nova síntese de método científico publicada internacionalmente (Morais 2009a, Morais 2009b; Morais et al. 2009). O seminário é uma sessão interactiva em que os participantes criam um plano de investigação com o software Idea Puzzle®.

Tópicos
1. Geração científica de ideias de investigação
2. Contexto teórico de uma ideia de investigação
3. Contexto empírico de uma ideia de investigação
4. Contexto metodológico de uma ideia de investigação
5. Contexto retórico de um projecto de investigação
6. Contexto autoral de um promotor de investigação
7. Planeamento científico de ideias de investigação

Destinatários
Alunos de mestrado ou doutoramento, investigadores, professores e avaliadores externos de investigação em qualquer área de conhecimento.

Resultados
Depois do seminário, os participantes serão capazes de aplicar o software Idea Puzzle® na aprendizagem e ensino de método científico, assim como na geração, análise e avaliação científica de ideias de investigação. Estes resultados constituem um investimento em competências científicas vitalícias.

INFORMAÇÕES GERAIS
Local da inscrição: Gabinete de Cultura, Desporto e Lazer da Reitoria da Universidade do Porto
Local do Workshop: Sala de Formação da Reitoria da Universidade do Porto
Horário: 18h às 22h
Preço: 35€ UP | 45€ fora UP
Inscrições até 9 de Novembro, limitadas a 25 participantes – Ana Martins: anamartins@reit.up.pt ou Ruben Rodrigues: rrodrigues@reit.up.pt

 

SYSTEMS BIOLOGY 28/09/2009

Filed under: Biotecnologia,Eventos — Hugo Azevedo @ 14:49
Tags: , , , ,

foto[1]30 October – 1 November 2009

 

Local: Casa do Brasil, Santarém

 

Main Organizer: A. Salvador (CNC-UC)
Organizing Committee: A. S. Fernandes (IBMC-UP), J. C. Marcos (DQ-UM), L. O. Martins (ITQB-UNL), M. M. Pereira (ITQB-UNL), M. Prieto (IST-UTL), N. C. Santos (FM-UL), C. M. Soares (ITQB-UNL), G. Soveral (FFUL)

 

Scope:

Systems biology seeks to clarify how the phenotype of organisms results from the integrated action of the molecular components, as
well as to uncover theoretically understood principles of biological organization. Pursuance of these goals is empowered by experimental “omics” methodologies that are nowadays able to characterize the cell state with unprecedented detail, and by computational approaches for effectively managing and exploring these abundant data. The course will cover both, enabling experimental and computational methodologies and theory-driven insights on the principles of biological organization.

 

 

Registration fees:

 

    Regular    Student 
Non-members   140    90 
Members SPB*/SBE**   100    60 
Members SPBf***   75    50 

*Sociedade Portuguesa de Bioquímica +

**Sociedad de Biofísica de España

***Sociedade Portuguesa de Biofísica +

 

Register until October 10

 

EuropaBio’s – Fórum Europeu para Biotecnologia Industrial 2009

Filed under: Biotecnologia,Eventos — Hugo Azevedo @ 14:18

20 a 22 de Outubro de 2009

 

Local: Sana Lisboa Hotel, Lisboa

 

Objectivos:

Uma iniciativa, que este ano se realiza em Lisboa, destina-se a empreendedores na área da Biotecnologia Branca prometendo ser três dias de informação, com workshops, exposições, sessões plenárias direccionadas, entre outras acções.

Este evento destina-se sobretudo a:
-Utilizadores finais de bioprodutos;
-Empresas de químicos e plásticos;
-Empresas de base biotecnológica;
-Unidades de investigação empresariais e académicas;

E ainda com 2 Workshops.

 

Mais informações aqui

 

Jornadas de Biotecnologia 2009 ESB-UCP

Filed under: Biotecnologia,Eventos — Hugo Azevedo @ 14:02
Tags: , ,

 12, 13 e 14 de Outubro de 2009

 

Local: Escola Superior de Biotecnologia-UCP
(Pólo da Asprela, Porto)

 

Inscrições AQUI Alargadas ate 8 de Outubro

Preços:

  • Estudante
    €35,00 – com todas as actividades incluídas.
    €30,00 – sem entrada no café-concerto e na ‘sayonara party’.
  • Não-estudante
    €45,00 – preço único, com todas as actividades incluídas.

O preço da inscrição inclui os almoços, coffee breaks e a documentação das Jornadas.

 

Mais informações aqui

 

 

Biotecnologia portuguesa ajuda agricultura de Moçambique 26/09/2009

Filed under: Biotecnologia,Notícias — Hugo Azevedo @ 00:33

Investigadores do Biocant – Centro de Inovação em Biotecnologia vão apoiar Moçambique no combate à “virose do tomate” e ao “amarelecimento do coqueiro”, duas pragas que atingem a agricultura daquele país. Uma delegação de técnicos portugueses deverá partir no início de Novembro para Moçambique, a fim de avaliar as condições técnicas existentes para pôr os dois projectos em prática, disse Carlos Faro, presidente do conselho científico do Biocant, instalado em Cantanhede.

 

 “O que se pretende é desenvolver um sistema de detecção de alguns microorganismos e concretamente vírus envolvidos em algumas doenças que aparecem no tomateiro e no coqueiro”, precisou.

 

O objectivo é o “despiste rápido” da infecção, de forma a detectar a doença numa fase ainda precoce e impedir a sua disseminação. A detecção será feita através de “métodos moleculares, que poderão ser por DNA ou proteína, dependendo do tipo de tecnologia disponível em Moçambique”, segundo aquele responsável. “O importante – referiu – é saber qual o agente patogénico que provoca a doença”.

 

O amarelecimento letal do coqueiro é uma praga causada por um fitoplasma, com um período de incubação longo em que as árvores atingidas morrem entre três a seis meses após os primeiros sintomas. A virose do tomate é causada por uma mosca branca, que ataca a parte debaixo das folhas e suga a seiva, enfraquecendo as plantas.

 

Laboratório da Biocant O apoio do Biocant no combate às duas pragas foi discutido recentemente durante uma visita do ministro da Ciência e Tecnologia de Moçambique, Venâncio Massingue, ao Centro de Inovação em Biotecnologia, com quem o estado moçambicano mantém um acordo de cooperação técnica e científica.

 

 O protocolo de cooperação prevê a “abertura de uma espécie de delegação do Biocant em Moçambique”, disse Carlos Faro, bem como o intercâmbio de cientistas, técnicos, peritos e estudantes.

 

Deverão ser criadas condições para que o Biocant desenvolva consultadoria relativamente à “criação de um Parque de Ciência Tecnológica em Moçambique, idêntico ao existente em Cantanhede, e a realização de estudos estratégicos que visem a concretização deste tipo de empreendimento”.

 

Ministro da Ciência e Tecnologia de Moçambique no Biocant 22/09/2009

Filed under: Biotecnologia,Notícias — Hugo Azevedo @ 16:55

No passado dia 06 de Setembro o Biocant recebeu a visita do Senhor Ministro da Ciência e Tecnologia de Moçambique, Venâncio Massingue.

 

Esta visita enquadra-se no âmbito do protocolo de cooperação técnica e científica que o Biocant mantém com o estado moçambicano, no qual está prevista a cooperação nas áreas da formação técnica e científica, o desenvolvimento de um programa de investigação científica e a consultoria a prestar pelo Biocant para criação de um centro de ciência e tecnologia em Moçambique.

 

Neste processo o Biocant deverá funcionar como ponte entre os centros de investigação a que está ligado na Europa e nos Estados Unidos, quer com os PALOP quer com o Brasil, tirando partido do facto de serem países que partilham a mesma língua e têm afinidades culturais.