Biotecnologia – Portugal

Salmão, o primeiro animal transgénico para consumo? 22/09/2010

Filed under: Biotecnologia,Notícias — Hugo Azevedo @ 16:06

O primeiro animal geneticamente modificado para consumo humano enfrenta um futuro incerto, após a avaliação ambiental de uma equipa de assessores da FDA, a entidade norte-americana que regula os alimentos e fármacos.

Os membros da FDA têm dúvidas a respeito da segurança de utilizar salmão transgénico como produto na alimentação humana.

A entidade reguladora mostrou a sua preocupação relativa ao peixe de crescimento acelerado, criado pela empresa Aqua Bounty Technologies Inc, já que não existem dados suficientes para resolver dúvidas sobre os riscos potenciais do seu consumo.

Porém, parece haver não haver qualquer consenso dentro da organização. Enquanto uns mostram abertamente ter dúvidas, outros sustêm que não existem diferenças entre o salmão alterado geneticamente e o natural. A empresa que criou o peixe modificado está a tentar ter a aprovação dos Estados Unidos para começar a comercialização do seu salmão, que contém um gene de outras espécies para crescer duas vezes mais rápido do que o normal.

Caso a FDA aprove a comercialização, o salmão da Aqua Bounty seria o primeiro animal geneticamente modificado para o consumo humano nos Estados Unidos. Tanto alguns membros da FDA como da Aqua Bounty afirmaram que o peixe de crescimento rápido parece ter as mesmas características que o do Atlântico, garantindo que não existem ameaças para o meio ambiente nem para o consumo humano.

Outros especialistas lançam as suas dúvidas, como é o caso de James McKean, veterinário e professor da Universidade do Iowa: “Há questões para as quais não existem resposta com os dados apresentados”. FDA ainda não tem data prevista para a decisão final.

Além disto, quase uma dúzia de entidades de defesa dos consumidores e ambientalistas protestaram pela iniciativa e estão a recolher assinaturas em massa. A dúvida é a mesma: não existirem dados suficientes que permitam assegurar que comer este tipo de peixe não causa efeitos secundários como reacções alérgicas. No entanto, estas organizações acrescentam outra questão ao debate – a fuga acidental dos animais alterados geneticamente pode ter consequências trágicas para a biodiversidade da zona?

Decisão sem data marcada

A Aqua Bounty, que até à data não conseguiu a aprovação da FDA para comercializar outros produtos, viu as suas acções triplicarem este ano com a possibilidade da organização dar luz verde ao salmão.

Após onze horas de deliberações, a equipa de assessore da entidade reguladora não entregou nenhum veredicto claro sobre se o salmão é ou não apto para o consumo. A organização norte-americana vai ter em conta os comentários antes de tomar uma decisão definitiva. No entanto, ainda não há uma data para ser conhecida a resolução final.

Na semana passada, vários grupos protestaram em frente à Casa Branca na tentativa de convencer Barack Obama a bloquear a possível aprovação da comercialização do peixe. Uma das maiores preocupações, em caso de aprovação, é o modo como os consumidores podem saber que estão a comprar este tipo de alimentos, já que, segundo as regras actuais da FDA, só existem etiquetas especiais quando há uma “diferença material” no resultado final do produto alimentar.

By: CiênciaHoje.pt

 

Congresso Nacional de Bioquímica 2010 15/09/2010

Filed under: Biotecnologia,Eventos — Hugo Azevedo @ 16:03

 

 Hotel Porto Palácio

 15 a 17 de Dezembro

 

A XVII edição desta reunião científica da Sociedade Portuguesa de Bioquímica permite, pela primeira vez, a participação activa dos membros da Sociedade na organização de simpósios. O programa contará com cinco sessões plenárias e dez sessões paralelas, das quais cinco propostas por membros da SPB.

A SPB tem ainda o prazer de anunciar que no CNB de 2010 será atribuído o “Prémio SPB – ALFAGENE”, que tem por objectivo estimular a investigação de qualidade e o espírito competitivo entre jovens investigadores na área da Bioquímica e o “Prémio Connecting Science to People 2010”, que tem por objectivo incentivar a elaboração de trabalhos originais “new media” para web, mobile ou qualquer outra plataforma (off-line), que reflictam como aprender (visual learning) e divulgar (from 2D text to 3D life) bioquímica nas ciências da vida e da saúde, utilizando as ferramentas disponibilizadas pela novas tecnologias multimédia e computadorizadas.

 
Inscrições CNB 2010 / CNB 2010 Registrations
 
Até 22 Outubro 2010
Until 22 October 2010
Após 22 Outubro 2010
After 22 October 2010
Sócios** SPB
SPB Members
230€
300€
Estudantes Sócios** SPB
SPB Member Students
150€
200€
Não Sócios SPB
Non SPB Members
280€
350€
Estudantes Não Sócios SPB
SPB Non Members Students
200€
250€

 

Mais informações e Inscrições

 

Protein folding, misfolding and disease 13/09/2010

Filed under: Biotecnologia,Eventos — Hugo Azevedo @ 16:04

9th short course

 of the

Portuguese Biophysical Society

Protein folding, misfolding and disease

8-10 October 2010, Convento de S. Francisco, Santarém

 

 

Understanding protein folding is a long-standing problem in biology, which, despite many years of research, is still much unknown. Research in protein folding, besides its central basic research interest, has implications in many fields with societal interest, such as health (folding diseases, such as Alzheimer’s) and biotechnology (protein stabilization and design).

This course aims at providing a general perspective of the research in protein folding, as well as in its applications. Topics range from experimental to theoretical approaches, including the contextualization of folding diseases in the clinical area.

  

 Registration fees:

(Euro; includes the course dinner, October 10th)

    Regular    Student 
Non-members   140    90 
Members SPB*/SBE**   100    60 
Members SPBf***   75    50 

 

More informations